Além do Blog IX - Sair do Sedentarismo

By | 12:23:00 2 comentários
(...) Os bebês estão sujeitos à mortalidade infantil, no primeiros ano de vida. Os corredores estão sujeitos a desistir nos seus primeiros três meses. O corpo dói e precisa se acostumar (...)

Gif animado composto com recortes de imagens da internet - Bira.


Além do Blog IX - Sair do Sedentarismo


Amigos!

Há três anos, uma amiga me perguntou no Facebook: "Como começar a correr?" Achei que eu fosse realmente capaz de orientá-la e respondi, diga-se de passagem, com uma postagem muito ruim. Dei conselhos estéreis, citei a mim mesmo... Fazer o quê? Era o que eu tinha para dar... Agora que estou reeditando postagens antigas em "Além do Blog", Faço de contas que a pergunta chegou há pouco e vou tentar me redimir, a seguir:

Como Sair do Sedentarismo?

Minha amiga Virgínia enviou a seguinte pergunta:

Bira... Parei de fumar tem 1 ano, engordei, odeio academia, e acho que vou amar correr, mas não sei como começar, por isso quero muito uma luz sua, como devo iniciar esse processo, pois to muito perdida. Vou ficar aguardando, beijos.

Olá, Virgínia!... Gostaria muito de lhe passar uma fórmula, mas a verdade é que eu não tenho essa fórmula! Quanto mais tempo estou na corrida, menos tenho para ensinar. Desculpe a sinceridade, mas a vida é assim, recheada de incógnitas. Algumas dicas, no entanto, eu aprendi e posso repassar:

Iniciar a correr é como começar a viver. Você é um bebê, não sabe nada, apenas chorar. Essa sua pergunta é como o choro do bebê... Então perceba: você já começou a viver na corrida com esse choro. Bem-vinda!

Agora, Bebê Virgínia, prepare-se! Você vai continuar chorando muito, para sobreviver. Os bebês estão sujeitos à mortalidade infantil, no primeiros ano de vida. Os corredores estão sujeitos a desistir nos seus primeiros três meses. O corpo dói e precisa se acostumar. A mente precisa desapegar dos velhos padrões. A recompensa é muito pouca, quase nula... Você está disposta a encarar esses três meses?

Superado o período de risco, o bebê faz gracinhas. Ainda não começou a andar, mas vive sorrindo nas fotos postadas no Facebook. Por sua vez, você já tem alguns amigos corredores e vai se aventurar na primeira corrida de 5 km, no Aterro. Está meio assustada. Pretende apenas caminhar e trotar. Vai tirar fotos mostrando sua primeira medalha. Vai fazer gracinhas com os amigos e sorrir feito o bebê... Aproveita!

Quando o Facebook lhe surpreender com vários pedidos de amizade feita por corredores, você já não será mais um bebê, e sim uma criança no maternal. Seus tênis, frequencímetro e óculos esportivos corresponderão aos brinquedos. Nesse ponto, seu currículo exibirá uma série de corridas de 10 km e seu propósito será fazer a primeira meia-maratona. Seu abdome, cada vez mais sarado, vai render elogios e elevar sua auto-estima. Boa leitora dos sites e revistas especializadas, você entenderá de Corrida e até de Alimentação. Seus programas mudaram, consequentemente os amigos. Para compensar, uma velha amiga ingressou no mundo da corrida sob sua influência. Certo dia, você receberá um convite para participar de um treinão na subida da serra, com um grupo de corredores. Você irá, e esse gesto corresponderá ao de uma menina chegando para o primeiro dia no ensino fundamental.

A menina vai continuar crescendo e evoluindo tanto quanto você. Todos lhe identificarão como corredora. Você será referência na família, na vizinhança e no trabalho. Um belo dia alguém vai lhe enviar pelo Facebook a seguinte pergunta:

Virgínia... Parei de fumar tem 1 ano, engordei, odeio academia, e acho que vou amar correr, mas não sei como começar, por isso quero muito uma luz sua, como devo iniciar esse processo, pois to muito perdida. Vou ficar aguardando, beijos.

Você irá responder com a autoridade de quem sabe o que está falando, mas seus conselhos serão estéreis, como foram os meus. Ainda bem que você não vai parar de crescer, feito a menina no colégio. Ainda bem que você descobrirá, um dia, que não há respostas precisas para perguntas como essa. Descobrirá que "o processo" não tem começo nem fim, só o durante.

Quer começar a correr? Utilize o impulso desse desejo e se levante agora! Mesmo que você consiga apenas caminhar, nesse momento, faça! Contente-se, você entrou no "processo"! Você já é corredor no durante! Os resultados virão, mas o seu momento é agora!

Abraços!
Bira.





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

MUITO BOM SEU TEXTO BIRA
É A RESPOSTA PARA QUEM NOS PERGUNTA COMO FAÇO PARA COMEÇAR A CORRER???
UM ÓTIMO ESCRITO!!!
TRANSFORMANDO A ESCRITA EM EXERCÍCIO FÍSICO
UM FORTE ABRAÇO DO SEU LEITOR E FÂ
LUIZ BITTENCOURT

Luiz Bittencourt, muitíssimo obrigado pela generosidade! Abraço! Bira.